Campeonato provincial de basquetebol: Sporting de Nampula mede forças com a União Juvenil de Napipine

0
426

Nampula (IKWELI) – A equipa do Sporting de Nampula defronta hoje, sexta-feira (1), a União Juvenil de Napipine em desafio da sétima jornada do campeonato provincial de basquetebol em sénior masculino da temporada de 2019.

As duas formações estão separadas por, apenas, um ponto na tabela classificativa da competição, com os leões de Nampula na liderança com doze pontos.

O jogo da noite desta sexta-feira é decisivo para os dois emblemas, por isso que os seus treinadores prometem montar equipas coesas para saírem da quadra com um bom proveito.

A equipa da União Juvenil de Napipine pretende reverter o resultado, de derrota, conseguido diante do seu rival na primeira mão. Esta equipa é considerada como sendo a que tem o melhor ataque, com um total de quinhentos e quatro pontos e tem o jogador mais concretizador da prova, Tuyo Albino.

“Reconhecemos as qualidades do Sporting, mas neste momento a nossa equipa está proibida de perder visto que se voltarmos a perder, as nossas contas ficam complicadas. Queremos ganhar o jogo frente ao Sporting porque o nosso objectivo é de sermos campeões”, disse Feliciano João, treinador da União Juvenil de Napipine, para quem durante a semana as atenções dos seus pupilos estavam viradas com aspectos ligados ao sector ofensivo.

No lado do Sporting de Nampula reina um ambiente de confiança. Brayen Alface, treinador do conjunto leonino, reconhece que defrontar Napipine é uma tarefa difícil mas acredita que é possível repetir o feito registado no primeiro encontro diante do mesmo adversário.

“Os jogos com a União Juvenil de Napipine são sempre clássicos. Sabemos que eles vêm com pressão para nós. Vamos fazer o nosso máximo para contrariar a pressão deles e vencermos o jogo”, disse o mister Brayen.

“A nossa preocupação está na zona quatro e cinco, nos ressaltos, uma vez que Napipine tem bons homens a defender nesta zona. Por isso que a nossa estratégia consistirá em lances exteriores, e em certas ocasiões com algumas penetrações que obrigaram ao adversário a cometer muitas faltas que vão nos levar a zona de lances livres”, espera a fonte. (Constantino Henriques)