Muçulmanos de Nampula doam sete milhões de meticais para as vítimas do Idai

0
284

Nampula (IKWELI) – A solidariedade entre moçambicanos está cada vez mais crescente e para minimizar a dor de perda de parentes e bens, movimentos solidários, desde públicos e privados, estão surgindo em prol das vítimas do ciclone Idai que, recentemente, assolou as províncias do centro do país.

Na manhã da última segunda-feira (01), um movimento solidário ligado a religião muçulmana procedeu a entrega de diversos produtos avaliados em sete milhões de meticais ao Instituto Nacional de Gestão de Calamidade (INGC) para o apoio das vítimas da depressão tropical.

Trata-se do “Movimento Muçulmano de Nampula”, que conseguiu juntar, através dos seus membros, produtos alimentares, materiais de construção e medicamentos diversos em apoio aos milhares de moçambicanos afectados pelo ciclone.

Akil Nasser, porta-voz do referido movimento, disse na ocasião que este apoio será, maioritariamente, dirigido para as vítimas das províncias de Zambézia e Sofala, pela magnitude das destruições.

A fonte disse que este tratasse da primeira entrega e que mais trabalhos de mobilização de apoios junto dos membros estão em curso, ao que, nos próximos dias, mais bens serão canalizados ao INGC.

Victor Borges, governador da província de Nampula, foi quem recebeu o donativo, tendo, na ocasião agradecido o gesto daquele grupo de religiosos e garantido que todo apoio será canalizado às vítimas. (Celestino Manuel)