Produção de comida em Moma pode estar comprometida

0
498

Moma (IKWELI) – A queda irregular de chuvas no distrito de Moma, província de Nampula, pode comprometer a produção de alimentos e outras culturas na presente campanha agrícola.

Chale Ossufo, administrador de Moma, disse ao Ikweli que nos últimos meses o distrito não tem registado quedas fluviométricas como era de esperar e isso pode afectar, negativamente, a produção de culturas diversas naquele ponto de Nampula.

“Estamos com um sol que não encoraja sorriso, e se continuar assim algumas culturas podem desaparecer devido a falta de chuva nos últimos tempos. Aquelas sementes lançadas depois daquele período que chovia regularmente as plantas podem sofrer”, disse o governante, para quem, “Moma apenas registou chuvas na mesma época em que toda a província, também, registava”.

O governo de Moma tem como meta produzir mais de 460 mil toneladas de culturas diversas, numa área estima em 5.460 hectares. “Se continuar a não chover até em finais de Maio vai trazer alguns constrangimentos nas nossas metas de forma drástica”, antevê o governante.

As principais culturas que podem ser seriamente afectadas pela escassez de chuvas, segundo o Chale Ossufo, são as que se encontram nas zonas altas e as não resistentes ao sol intenso.

Outro problema que poderá contribuir negativamente na produção agrária em Moma na campanha agrícola em curso está relacionado com a lagarta de funil de milho, a podridão radicular da mandioca, para além da praga de gafanhotos da mandioca. Por causa destas pragas mais de 400 hectares destas culturas foram destruídas.

Mas, nem tudo corre mal no distrito de Moma, Chale Ossufo falou com optimismo durante a conversa que mantivemos que apesar desses problemas aquele ponto da província de Nampula não irá registar bolsas de fome este ano.

Ossufo disse que o seu distrito apresenta bons sinais para uma boa colheita das culturas de Arroz e de mandioca, embora essa última cultura esteja afectada por pragas em algumas zonas.

“As culturas de arroz e de mandioca tem grande impacto no distrito e temos em quantidades encorajadoras e poderá colmatar qualquer situação anormal que possa acontecer no distrito”, disse a fonte.

As zonas baixas que o distrito dispõe permitiram o armazenamento de grandes quantidades de água das primeiras chuvas que garante a produção e produtividade do arroz.

Por fim, Ossufo acredita que se voltar a cair chuva, o distrito de Moma estará a liderar ao nível das culturas de rendimento com destaque para o algodão e gergelim, ao avaliar o maior empenho dos produtores locais para com estes tipos de culturas. (Constantino Henriques)