Rescaldo do Natal em Nampula: Violações sexuais e físicas dominaram as ocorrências das festividades do dia da família

0
621

Nampula (IKWELI) – As autoridades policiais em Nampula anunciaram que durante as festividades do Natal e do Dia da Família, a província mais populosa do país registou um caso criminal hediondo caracterizado pela violação sexual de uma menor de apenas 4 anos de idade protagonizada por um indivíduo de 49 anos, no bairro de Namutequeliua.

Segundo Zacarias Nacute, porta-voz do comando Provincial da Polícia da República de Moçambique (PRM), referindo-se ao relatório da Sala de Operações, neste caso, o indiciado convidou a menor para o interior da sua residência, onde veio a consumar o acto. Na altura a vítima encontrava-se a brincar com suas amigas.

Quanto a outras ocorrências, Nacute apontou o registo de mais dois caos criminais, sendo que um deu-se no bairro de Muahivire, na cidade de Nampula, e outro no posto administrativo de Mutuali, distrito de Malema. Todos foram crimes contra a propriedade.

O porta-voz policial anunciou, também, que quanto a segurança rodoviária apenas um único acidente de viação ocorreu e sem vítimas mortais.

E ao nível hospitalar há o registo da entrada de 275 casos nos Serviços de Urgência do Hospital Central de Nampula, maior unidade sanitária do norte do país.

Em balanço, Marcelo Banquimane, porta-voz do HCN disse que, das entradas, pelo menos 29 ficaram internadas em várias enfermarias da unidade sanitária, incluindo nos cuidados intensivos.

Mais uma vez, os números de ocorrências da PRM e do HCN não se cruzam. Enquanto a PRM fala de apenas um único caso de acidente de viação e um de violação sexual, o HCN regista a entrada de 4 casos de acidentes de viação e 24 de agressão física. (Elisabeth José)