Médicos tradicionais tentam sem sucesso resgatar “mulher cobra” em Nampula

1
26269
AMETRAMO nao consegue desvendar o misterio porque ha muitqa agente que nao fazem com que o trabalho corra bem

Nampula (IKWELI) – As lideranças comunitárias do regulado Muthita, na cidade de Nampula, norte de Moçambique, solicitaram a intervenção de um grupo de médicos tradicionais, na última segunda-feira (13), para alegadamente investigar e tentar resgatar a mulher que se transformou em cobra.

A referida senhora perdeu a forma humana para a de réptil no sábado de manha, depois que na noite anterior retirou da carteira do seu marido 2.000,00Mt (dois mil meticais).

Segundo constataram os membros da Associação dos Médicos Tradicionais de Moçambique (AMETRAMO) a cobra já não se encontrava no local, mas também a enchente popular dificultou a inspiração e bom trabalho dos curandeiros.

Desde o último sábado que as margens do rio Muepelume tem registado a presença de muitos curiosos que se deslocam de vários pontos da autarquia de Nampula para, alegadamente, verem a mulher que se transformou em cobra.

O régulo Miguel Rui, conhecido por régulo Muthita, que também é médico tradicional, revelou que a situação está a ficar cada vez mais difícil, mas avançou, por outro lado, que a família da vítima bem como a do esposo, ora foragido, depois de um encontro, decidiram procurar outras alternativas tradicionais no distrito de Lalaua. (Celestino Manuel)