Vale doa cerca de 2 milhões de dólares para o combate ao novo coronavírus em Moçambique

0
536
A vale explora carvao mineral em Tete e esta a contribuir no combate ao covid-19 em Mocambique

Nampula (IKWELI) – A mineradora Vale doou ao governo moçambicano cerca de USD 2.000.000,00 (dois milhões de dólares norte americanos), em materiais, para o combate ao novo coronavírus no país.

Um comunicado de imprensa da assessoria da empresa enviado a nossa redacção indica que, para o efeito, um memorando de entendimento foi rubricado com o governo moçambicano no passado dia 17 do corrente mês de Abril.

“A ajuda da Vale está avaliada em cerca de USD 2,000,000.00 (dois milhões de dólares norte americanos). Esta ajuda inclui diversos materiais de higiene, equipamento hospitalar e itens de protecção individual para os profissionais de saúde e 80 mil testes rápidos”, lê-se na referida nota de imprensa, que prossegue apontando que “a oferta de luvas, máscaras, óculos de protecção, botas, macacões e aventais figuram, também, da lista dos itens de protecção individual para o pessoal de saúde. Em termos de material de higiene, a doação inclui pulverizadores eléctricos, álcool de desinfecção, barras de sabão e frascos de certeza. Além disso, no que se refere a equipamentos hospitalares, serão entregues bombas de infusão, kits de colheita de amostras, aspiradores, desfibrilhadores entre outros”.

O mesmo documento esclarece que “o processo de entrega da doação teve início no dia 18 de Abril, em Tete. Entretanto, nos próximos dias, o apoio chegará a outros pontos do país como Maputo, Nampula e Niassa. Com o material importado, espera-se contribuir para os esforços das autoridades nacionais de saúde no combate à disseminação da doença no país”.

“Estamos cientes da nossa responsabilidade, neste momento desafiador para todos. Esta intervenção demonstra o nosso compromisso com a sociedade moçambicana, porque entendemos que somos parte das comunidades nas quais estamos inseridos e também um agente importante de transformação”, disse Márcio Godoy, Country Manager da Vale em Moçambique, citado pelo comunicado. (Redacção)