Kenmare realoca unidade de concentração húmido B de Namalope para Pilivili

0
85
Kenmare fabrica de areias pesadas

Nampula (IKWELI) – O Projecto das Areias Pesadas de Moma implementado pela Kenmare Moma Mining (Mauritius) Limited e Kenmare Moma Processing (Mauritius) Limited iniciou, nesta semana, o processo da realocação da unidade de concentração húmido B (WCP B) do depósito de Namalope, no distrito de Larde, para o depósito de Pilivili, no distrito de Moma.

Ao todo, são três equipamentos que estão sendo movimentados, especificamente uma draga, uma barcaça e a própria unidade de concentração húmida. O processo iniciou com o transporte da draga (com um peso de 1.700 toneladas), e de seguida avançam a barcaça e a unidade de concentração húmida (com 7.000 toneladas).

Para garantir esta operação, e respeitando os padrões de protecção ambiental, a Kenmare construiu uma estrada com 23 quilómetros de extensão e 66 metros de largura, ligando as comunidades de Namalope e Pilivili.

De acordo com Higino Jamisse, director geral da Kenmare, o projecto arrancou em 2018, e tem como objectivo alcançar a produção anual de 1.2 milhões de toneladas de ilmenite e coprodutos de forma sustentável a partir de 2021.

Ainda de acordo com esta fonte, o projecto compreende três fase, sendo que a primeira está ligada com o aumento da capacidade de produção, a segunda envolve a construção de uma terceira fábrica de processamento de areias pesadas e a terceira é referente a movimentação da fábrica do depósito de Namalope para o de Pilivili.

“O WCP B começou a exploração do jazigo de Namalope em 2013 e concluiu a mineração do minério disponível em 28 de Agosto de 2020”, disse Jamisse, para depois justificar que “todas as zonas de minério dentro do portfólio de Moma foram consideradas para a transferência de WCP B, mas Pilivili foi selecionada devido a combinação favorável dos teores mais altos, fortes créditos de coprodutos (zircão e rutilo) e areia de fluxo livre com baixos níveis de lama, facilitando a mineração e o processamento”.

Em relação ao equipamento em transferência, Jamisse fez saber que “o WCP B pesa, aproximadamente, 7.000 toneladas e tem 24 metros de altura, 60 metros de largura e quase 80 metros de cumprimento. A draga pesa 1.700 toneladas”.

Informações disponibilizadas pela Kenmare, indicam que esta transferência está orçada em, aproximadamente, 106 milhões de dólares. (Aunício da Silva)